Quais os regimes tributários existentes?

Compartilhe nas redes!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Você sabe o que é regime tributário? Saiba que ele consiste em várias regras legais que estipulam os impostos a serem pagos pelas pessoas jurídicas à administração pública.

É essencial que haja um bom conhecimento dos regimes tributários existentes no Brasil, pois é uma maneira de evitar problemas fiscais, que podem prejudicar a imagem do seu negócio e, dependendo do caso, até obrigá-lo a fechar as portas.

Neste post, mostraremos como são os regimes tributários que estão vigor no País. Confira!

Simples Nacional

Se você não tem muito domínio sobre o que é regime tributário, saiba que o Simples Nacional é destinado às micro e pequenas empresas, cujo faturamento anual não ultrapassa R$ 4,8 milhões.

A grande vantagem desse regime tributário é a utilização do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS), que possibilita pagar todos os impostos de uma vez só, o que facilita bastante a vida do empreendedor.

No DAS, estão incluídos diversos tributos, como:

  • Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido (CSLL);
  • Cofins;
  • ICMS;
  • ISS;
  • IRPJ;
  • Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI);
  • Pagamentos ao INSS;
  • Programa de Integração Social (PIS).

MEI

Também conhecido como o Microempreendedor Individual (MEI), o MEI faz parte do regime tributário Simples Nacional, abrangendo os empreendedores que não têm sócios e apresentam um faturamento de, no máximo, até R$ 81 mil por ano.

Com relação ao pagamento de impostos, o MEI é bastante simples. Isso porque os empreendedores individuais devem contribuir para o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). Além disso, precisam recolher o Imposto sobre Serviço (ISS) e o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Lucro Real

É um regime tributário que pode ser adotado por qualquer empresa. Ele é obrigatório para as que apresentam um faturamento anual maior que R$ 78 milhões ou que integram o setor financeiro. Para calcular o Lucro Real, é necessário levar em consideração a receita da empresa, os custos e as despesas. Ao contatar a lucratividade efetiva, é calculada a carga tributária a ser paga.

A recomendação é que o empresário mantenha atualizado o sistema de lançamento financeiro, ao optar por esse regime tributário. Essa ferramenta é fundamental para constar o lucro da companhia, o que tem grande influência no valor dos tributos a ser recolhido.

Lucro Presumido

É destinado às corporações que atingem um lucro de até R$ 78 milhões por ano. Um aspecto marcante dessa modalidade de regime tributário é que o valor dos impostos a serem quitados se baseia no segmento de atuação e no lucro médio das empresas do setor.

Por isso, as corporações que apresentam um resultado acima da média gostam bastante

desse regime, porque é uma forma de reduzir o impacto da carga tributária sobre as finanças. Assim, é mais fácil investir no negócio e honrar compromissos com funcionários e fornecedores.

Lucro Arbitrado

Tem como diferencial o fato de ser adotado por ação do Fisco devido à falta de condições de constatar a situação financeira da empresa, em virtude de imprevistos ou de fraudes. O ideal é que a organização esteja atenta aos requisitos da lei para evitar essa situação e não ser penalizada.

Se você chegou até o final deste post, pode afirmar, com tranquilidade, o que é regime tributário. Além disso, possui uma visão mais clara para dar o próximo passo para a escolha da melhor alternativa para o seu negócio pagar tributos e fugir de problemas com a administração pública.

Portanto, entre em contato conosco e esteja pronto para ir garantir uma carga tributária mais justa e tranquila!

Restou alguma dúvida ou quer obter mais detalhes sobre como nossos serviços podem te auxiliar? 

Somos uma contabilidade em São Paulo, Guarulhos e Região, especializada na sua área de atuação.

Estamos de portas abertas – presencial ou virtualmente – para te receber! É só entrar em contato conosco agora mesmo e será um prazer conversar com você!

Até breve!

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Como regularizar empresa e voltar a atuar de forma efetiva?

Descubra de uma vez por todas como regularizar a sua empresa Apenas com um negócio regularizado é possível desempenhar suas atividades com efetividade Infelizmente, existem muitos empresários que não cumprem suas obrigações estipuladas pela Receita Federal e, por isso, acabam

Exclusão do ICMS – ST: vale para o Simples Nacional?

Entenda como funciona a exclusão do ICMS – ST e descubra se ela vale para empresas do Simples Nacional Quando o assunto é tributação, é preciso estar bastante atualizado e atento para não pagar impostos de forma indevida A tributação

Transação tributária – como funciona?

Descubra agora como funciona a transação tributária Empresário, descubra agora como funciona a transação tributária e saiba como seu negócio pode se beneficiar desse processo  Estamos vivenciando um momento muito complicado para empresários dos mais variados segmentos por conta da

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Back To Top
Área de clientes




Esqueci minha senha

Nos informe seu contato e logo ligaremos :)

Iniciar conversa
Precisa de ajuda?