Classificação fiscal de mercadorias – como funciona?

Saiba Como Classificar As Suas Mercadorias E Se Mantenha Distande De Problemas Fiscais Saiba Mais Na Descricao Post (1) - Quero montar uma empresa
Saiba como realizar a classificação fiscal de mercadorias de forma correta e evite problemas para o seu negócio. Esclareça suas dúvidas

Compartilhe nas redes!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Esclareça suas dúvidas sobre a classificação fiscal de mercadorias!

Saiba como realizar a classificação fiscal de mercadorias de forma correta e evite problemas para o seu negócio

Se fôssemos mencionar todos os aspectos que são necessários para manter o funcionamento impecável de uma empresa, seriam longas e intermináveis páginas de artigo, afinal, são muitos detalhes que garantem uma empresa funcionando. 

Contudo, dentre esses aspectos, alguns precisam ser ressaltados devido às dúvidas que muitos gestores têm e que impactam na empresa. 

A classificação fiscal de mercadorias é uma das responsabilidades que mais causa dúvidas e gera dor de cabeça para empresários, justamente devido aos detalhes envolvidos nessa questão. 

Sendo assim, ao longo deste artigo abordaremos como funciona a classificação fiscal de mercadorias, esclarecendo as principais dúvidas sobre o assunto.

Classificação fiscal – o que é e como funciona?

A classificação fiscal consiste em um processo que os países fazem para classificar o que produzem, comercializam, importam e exportam. 

Dessa forma, esse processo define um código numérico para cada mercadoria, que tem a função de indicar:

  • Origem; 
  • Composição; 
  • Enquadramento tributário. 

Realizar essa classificação não é algo simples, sendo a causa de dores de cabeça para muitos empresários, contudo, entendendo como funciona, torna-se muito mais fácil lidar com essa questão.

SH ou HR Code – Sistema Harmonizado 

Esse é um dos sistemas utilizados para realizar a classificação fiscal das mercadorias, sendo dividido em posições, subposições, seções, capítulos, notas de seção, notas de capítulos e de notas de subposição.

Para compor o código, a intervenção humana é levada em consideração. Cada código possui 6 dígitos, sendo que, quanto maior a intervenção humana, maior será o número.

Dessa forma, para interpretar esse código é preciso considerar:

  • Que cada código possui 6 dígitos; 
  • Os dois primeiros dígitos indicam o capítulo no qual a mercadoria está enquadrada;
  • Os quatro primeiros dígitos indicam a posição da mercadoria dentro de seu capítulo;
  • Já o quinto dígito representa o desdobramento da posição do item;
  • O sexto dígito representa o desdobramento da subposição do item;
  • Se os dois últimos dígitos forem iguais a zero, o código não tem desdobramento de posição nem de subposição.

Sendo assim, esse é um dos sistemas para classificação fiscal.

NCM – Nomenclatura Comum do Mercosul

A NCM é um código de classificação de mercadoria adotado por todos os países integrantes do Mercosul, dessa forma, toda mercadoria do Brasil possui NCM. 

Ela é baseada no sistema SH, sendo muitas vezes conhecida como NCM/SH.

Os códigos da NCM são muito parecidos com o que explicamos anteriormente sobre a SH, contudo, possuem 8 dígitos.

Como realizar a classificação fiscal adequadamente?

Essa não é uma tarefa simples, afinal, demanda um conhecimento específico sobre o assunto e atenção com cada detalhe.

Por isso, é imprescindível ter o suporte de especialistas no assunto, que irão te dar todo o suporte necessário para que a sua empresa tenha as mercadorias classificadas de forma adequada e se mantenha distante de problemas fiscais. 

E para isso, você pode contar com o nosso suporte, basta entrar em contato conosco agora mesmo.

Fonte: Abrir Um Negócio Lucrativo

PARA MAIS INFORMAÇÕES ENTRE EM CONTATO CONOSCO

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Reestruturação empresarial – como fazer?

Saiba o que analisar para identificar a necessidade de uma reestruturação empresarial e como realizar! Entenda quando e como uma reestruturação empresarial deve ser feita em sua empresa Toda empresa passa por muitas fases, afinal, no início tudo é novo,

Não declarar o Imposto de Renda – o que acontece?

O que acontece ao não declarar o Imposto de Renda? Descubra ao longo do artigo e saiba como evitar estas consequências! Entenda os prejuízos que seu negócio pode ter ao não declarar o Imposto de Renda e saiba como evitá-los!

eSocial 2021: quais as novas regras vigentes

Fique por dentro das mudanças para o eSocial 2021 e mantenha a conformidade do seu negócio com a Receita Federal Entenda todos os pormenores relacionados às mudanças do eSocial em 2021 Já ouviu aquela frase que diz que o empresário

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Back To Top

Nos informe seu contato e logo ligaremos :)

Iniciar conversa
Precisa de ajuda?