Você sabe como registrar e proteger sua marca?

registrar-e-proteger-sua-marca

Compartilhe nas redes!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Você sabe como registrar e proteger sua marca?

O que seria Marca?

De Acordo com o art. 122 da Lei de Propriedade Industrial: A marca é formada por qualquer sinal visual capaz de distinguir um produto ou serviço de outros disponíveis no mercado. Assim, as marcas podem ser constituídas por palavras, letras, numerais, elementos figurativos e combinação de cores, bem como qualquer combinação desses sinais.

Quando passamos a notar comerciais, revistas, redes sociais, panfletos e em produtos que consumimos as marcas que representam as suas empresas fabricantes. Apesar da quantidade de marcas, dificilmente encontramos duas idênticas, com o mesmo nome ou o mesmo logotipo.

Depois de constituída sua marca, ela pode ser classificada de 3 formas:
• Nominativa: Formada por palavras, neologismos e combinações de letras e números,
• Figurativa: Desenho, imagem, ideograma, forma fantasiosa ou figurativa de letra ou algarismo, e palavras compostas por letras de alfabetos como hebraico, cirílico, árabe etc.
• Mista: Quando existe combinação de palavra e imagem.

Registro e Proteção

Por marcas serem únicas e exclusivas, trazendo relevância e te diferenciando no mercado, é preciso proteger ela fazendo o seu registro juntamente a um órgão competente.

O Instituto Nacional de Propriedade Nacional – INPI é o órgão responsável por registrar marcas, desenhos industriais, indicações geográficas, programas de computador e topografias de circuitos, dentre outros.

Garantindo que após o registro da marca, o titular tenha o direito de uso exclusivo no território nacional, em seu ramo de atividade econômica, pelo período de dez anos, a partir da data da concessão. Referido registro pode ser prorrogado por sucessivos períodos de dez anos.

Para realizar o registro da marca é necessário a empresa registrar-se no INPI de forma eletrônica por meio do Sistema e-Marcas fornecido pelo INPI e/ou de forma física por meio de formulários em papel.

Antes de registrar, não se esqueça de conferir se já não existe outra empresa com a mesma marca que a sua. Pois isso pode prejudicar muito o seu negócio.
Registrar sua marca é muito importante para proteger seu patrimônio além de distinguir e identificar os seus produtos e serviços perante os consumidores.

E claro, ter que reposicionar ou alterar a sua por não tê-la registrado ou ainda sofrer com outras pessoas da concorrência utilizando sua marca pode resultar em dor de cabeça.

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn
Veja também

Posts Relacionados

Reestruturação empresarial – como fazer?

Saiba o que analisar para identificar a necessidade de uma reestruturação empresarial e como realizar! Entenda quando e como uma reestruturação empresarial deve ser feita em sua empresa Toda empresa passa por muitas fases, afinal, no início tudo é novo,

Não declarar o Imposto de Renda – o que acontece?

O que acontece ao não declarar o Imposto de Renda? Descubra ao longo do artigo e saiba como evitar estas consequências! Entenda os prejuízos que seu negócio pode ter ao não declarar o Imposto de Renda e saiba como evitá-los!

eSocial 2021: quais as novas regras vigentes

Fique por dentro das mudanças para o eSocial 2021 e mantenha a conformidade do seu negócio com a Receita Federal Entenda todos os pormenores relacionados às mudanças do eSocial em 2021 Já ouviu aquela frase que diz que o empresário

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Back To Top

Nos informe seu contato e logo ligaremos :)

Iniciar conversa
Precisa de ajuda?