3 fatos sobre o MEI que todo pequeno empreendedor precisa saber

Compartilhe nas redes!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Hoje em dia, é comum falarem em “abrir um MEI” e “como abrir um MEI”, porém ainda existem algumas dúvidas que o pequeno empresário desconhece sobre o MEI.

O que é um MEI?

O Microempreendedor Individual (MEI) é conhecido como a pessoa que trabalha em seu próprio negócio, ou seja, aquele que trabalha por conta própria e se legaliza como pequeno empresário.
Algumas características são necessárias para se tornar MEI, como a necessidade de um faturamento de até R$60.000,00 por ano, não fazer parte do quadro societário e nem ser titular de outra empresa.

Vantagens do MEI

As condições criadas pela Lei Complementar nº 128, de 19/12/2008, foram feitas especialmente para o pequeno empresário sair da ilegalidade e fazer seu negócio prosperar.
Dentre essas condições se encontra o Cadastro de Pessoas Jurídicas (CNPJ) que facilita muito a abertura de uma conta bancária, emissão de notas fiscais e o pedido de empréstimos ao banco.
O MEI se enquadra no Simples Nacional, e o benefício deste enquadramento é a isenção dos tributos federais. A única taxa cobrada do MEI pelo governo é o valor mensal de R$45,00 para comércio ou indústria; R$49,00 para prestadores de serviços; e R$50,00 para comércio e serviços. Este valor recolhido pelo governo será destinado para a Previdência Social, ao ICMS ou ISS.
Estas contribuições oferecem benefícios ao MEI, como: auxílio-doença, aposentadoria, auxílio-maternidade e muito mais.

MEI pode ter empregado

O MEI pode ter um empregado contratado, recebendo até um salário mínimo ou o piso salarial de sua categoria. Você pode consultar o valor do piso salarial do seu funcionário no Portal do Empreendedor.
O auxílio de um contador é opcional para o MEI fazer a contratação de um novo funcionário, mas se você preferir pode optar pela ajuda de um escritório de contabilidade.

Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário ou entre em conta

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn
Veja também

Posts Relacionados

fgts-atencao-a-data-do-novo-pagamento-e-veja-se-voce-pode-receber

Bitributação do ISS: saiba como evitar!

Muitas empresas, que possuem sede em um município e operam em outro, correm sérios riscos de estarem incorrendo em práticas de sonegação e serem bitributadas. Saiba como evitar!

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Back To Top

Nos informe seu contato e logo ligaremos :)

Iniciar conversa
Precisa de ajuda?